Enem 2017 - Principais mudanças

POR Marcos Alacrino 11/05/2017

Confira as principais mudanças que acontecerão em 2017 no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio)

Enem 2017

Confira aqui as principais mudanças que acontecerão nesse ano de 2017 no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), lembrando que as incrições para o ENEM tiveram início no dia 8 de maio e serão encerradas no dia 19 de maio.

Principais mudanças:

  • A prova do ENEM era aplicada em dois dias consecutivos ( sábado e domingo ) em um mesmo fim de semana, agora a prova será aplicada em dois domingos de semanas consecutivas. Os sabatistas não precisarão ficar confinados até a hora do pôr-do-sol no sábado, porque não haverá provas no sábado. As provas serão aplicadas nos dias 5 e 12 de novembro.
  • Antes o ENEM servia como certificado de Ensino Médio para alunos que não haviam concluído o Ensino Médio e possuíam mais de 18 anos, agora alunos que possuem mais de 18 anos somente receberão o certificado de conclusão do Ensino Médio através do ENCCEJA (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos).
  • A ordem das provas do ENEM no primeiro dia de prova era, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e no segundo dia era, Linguagens, Matemática e Redação. Com a mudança no primeiro dia será, Linguagens, Ciências Humanas e Redação e no segundo dia Matemática e Ciências da Natureza.
  • Antes as pessoas que precisavam de tempo adicional para realizar a prova do ENEM solicitavam o tempo adicional na hora da prova, agora é necessário fazer a solicitação de tempo adicional no momento da inscrição apresentando documentos que comprovem a necessidade.
  • Com relação a isenção de taxa de inscrição, a autodeclaração deixa de ser válida, agora é necessário o Número de Identificação Social (NIS) no momento da inscrição. O participante que conseguir isenção de taxa de inscrição e não comparecer às provas e não oferecer uma justificativa válida perderá o benefício no ano seguinte.
  • O resultado do ENEM será divulgado por área do conhecimento, aluno e base consolidada para programas governamentais (Sisu, ProUni, FIES e outros). Não haverá mais divulgação do resultado por escola.
  • O Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) do Ensino Médio passa a ser universal (Antes era amostral). Agora o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) será calculado por escola.
  • As gráficas responsáveis pela impressão irão personalizar tanto os cadernos quanto os cartões de resposta com o nome e número de inscrição do candidato. Sendo assim, os alunos não precisarão preencher a cor da prova nos cartões de resposta.

Esperamos que essas informações sejam úteis, para mais informações acesse a página do participante do ENEM.